Sovena Feeding Futures

HISTÓRIA

A Consolidação em Portugal

Séc XIX – Séc. XX

A nossa ambição vem desde a criação

  • Pelas  mãos de Alfredo da Silva nasceu a CUF - Companhia União Fabril, que tornou-se o maior grupo industrial, comercial e financeiro de Portugal.

Séc. XX

Perante as dificuldades, arregaçámos as mangas

  • Na década de 80, seus herdeiros deitaram mãos à obra e adquiriram a Sociedade Alco, dedicada à extração, refinação e embalamento de óleos alimentares e, posteriormente, a Fábrica Torrejana de Azeites.
  • Na década de 90, a Alco adquire a totalidade da participação acionista da Sovena. Mais tarde, a família Mello expande o negócio adquirindo o controlo da Nutrinveste. Em 1999 compra a Tagol, fábrica de extração e refinação de óleos alimentares.
sovena

A Internacionalização

Séc. XXI

Cultivámos muito mais do que alimentos e Construímos novos caminhos para a alimentação

2002

Aquisição dos ativos da Agribética em Sevilha dando origem à Sovena Espanha.

2004

Aquisição dos ativos da Simão & Companhia materializando a ambição de entrar no mercado brasileiro.

2005

Aquisição de 80% da East Coast Olive Oil, o maior importador e embalador de azeite nos EUA, dando origem à Sovena USA.

2006

Criação da empresa Biocolza, para a extração de colza e comercialização dos seus produtos.

2007

Criação da Elaia (2007), como um projeto agrícola e inauguração do Lagar do Marmelo (2010).

2012|2014

Aquisição de Moltuandujar (extração, refinação e embalamento em Espanha)

2014

Criação da Agropro(compra de sementes e venda de óleos e farinhas).

2015

Criação da Sovena Brasil.

2019

Aquisição de um complexo na Califórnia, para ser o 2º centro logístico e fábrica de embalamento da Sovena nos EUA e criação da Sovena Angola.

2020

Aquisição de 25% da Soho Comercial; produtor líder de azeites de oliva no Chile.

Feeding Futures

Hoje, em 2020, vamos continuar a crescer do nosso jeito. A forma como olhamos para a alimentação está a mudar. O seu impacto na nossa saúde e na saúde do nosso planeta depende de nós. Vamos continuar a fazer o que sabemos melhor. sem inventar quando nos reinventamos.

Esta é a nossa vontade de juntos crescermos além daquilo que somos hoje. Depois de 100 anos de crescimento, vamos alimentar mais 100.